31 de jul de 2015

CARNE DE CAPRINOS


BarbecuePartyInvitations





A carne de caprino – que tem no Brasil um grande produtor mundial, sendo a região Nordeste a responsável por 90% da produção nacional – é apresentada como melhor alternativa para quem deseja uma alimentação mais saudável. Muitos médicos têm incentivado o consumo, por considerá-la uma alternativa viável para o brasileiro. 

VANTAGENS 
O Nordeste brasileiro semi-árido tem sido assumido, durante séculos, como área de vocação pecuária, especialmente, para a exploração dos ruminantes domésticos. Notadamente os caprinos e ovinos, face à característica de adaptação e ecossistemas adversos que é fortemente influenciado pelos seus hábitos alimentares. 
“A criação de caprinos, essencialmente nordestina – comenta Geraldo Magela, tradicional criador da região – será a redenção do Nordeste, por se tratar da região mais propícia para a sua criação, devido ao clima com baixo índice pluviométrico”. Ele acredita que em pouco mais de 10 anos o Brasil se transformará no principal produtor mundial de caprinos”. 
Para o secretário da Agricultura de Eunápolis, Everaldo Borges, “estaremos firmes no mercado internacional, porque Governos federal, estadual e municipal (Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Sebrae e criadores) conseguiram enxergar que esta é a vocação natural do Nordeste, que não adianta lutar contra a natureza, só caprinos conseguem conviver com a seca”, raciocina o secretário. 
CARNE SAUDÁVEL 
O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos divulgou as características das principais carnes e os dados evidenciam que a carne de caprinos é a de mais baixo teor calórico, e que a sua gordura saturada é 44% mais baixo até mesmo que a do frango despelado. Outros aspectos importantes da carne de caprino é o seu teor protéico similar e teores de ferro superiores as demais carnes. 
Dados existentes na literatura internacional mostram que apenas 30% da gordura existente na carne de caprinos é formada por ácidos graxos saturados. A carne de caprinos, independente da idade, da raça e da região onde é produzida, apresenta uma boa fonte de proteína, com uma gordura saudável, apresentando conseqüentemente, um risco mínimo de consumo de colesterol.

Postar um comentário