24 de out de 2013

Manual do Criador: 5 - PINTOS


5-PINTOS

Os pintos geralmente são alojados em círculos de Eucatex ou Duratex, com altura
variável de 30 a 70 cm, dependendo das correntes de ar, umidade, frio e dos
predadores que possam aparecer. Uma circunferência de 2 metros pode servir para
100 pintos.
Calor, água limpa, local livre de fungos, boa ração e acompanhamento é o necessário
nessa primeira fase de vida da criação. A cama deve ser preparada com serragem,
palha de arroz ou bagaço de cana, e deve ter cerca de 5 cm de altura.
Os equipamentos geralmente usados são bebedouro pendular ou de pressão e uma
bandeja de ração para 100 pintos. Uma lâmpada infravermelha de 250 w para até 500
pintos.
A partir de 5 dias de nascidos, o espaço circular do Eucatex deverá aumentar aos
poucos, chegando a 1 comedor tubular para 30 aves e 1 bebedouro pendular para 100
aves.
Os pintos caipiras, somente devem ter acesso a área de pastagem após 60 dias de
nascidos. No primeiro dia de vida é uma boa prática que seja colocado papel frisado,
“machucado” no piso do pinteiro para melhor fixação dos pintos no solo (pode ser
jornal cortado ou qualquer outro papel). Quando nascidos, os pintos devem tomar a
vacina de Marek e Gumboro (logo que saírem da chocadeira).
Os pintos menores devem ser separados dos maiores logo nos primeiros dias de
nascidos, evitando, que os pequenos por medo, deixem de se alimentar. Podem ser
debicados logo, mas, a maioria dos criadores debica após 30 dias.


PARA MAIS INFORMAÇÕES CLIQUE NO TÓPICO: "MANUAL DO CRIADOR"
Postar um comentário